CEO da Botmaker fala sobre a comunicação digital das empresas com os consumidores

A Botmaker, fundada em 2016, nasceu para ajudar empresas a automatizar suas vendas através de chatbots — ou robôs de autoatendimento. O software da startup permite às companhias falar com os clientes por meio de seus principais canais de comunicação de modo automático, enviar notificações, capturar leads, gerenciar campanhas, entre outros serviços. Em 2020, bem no auge da pandemia, a Botmaker conseguiu crescer três vezes mais em relação a 2019 e tem planos de expandir ainda mais em 2021. Hoje, o negócio atende cerca de três mil clientes em 35 países, gerenciando mais de 10 milhões de conversas diariamente em dezenas de idiomas. Foi também na pandemia que a startup teve a iniciativa de desenvolver um robô de atendimento para os cidadãos de Buenos Aires tirarem suas dúvidas sobre a covid-19 e direcionar casos suspeitos aos hospitais da cidade. Neste mês, o CEO Julio Zaguini responder algumas perguntas para o time do Distrito sobre os próximos passsos da startup:

Como foi a chegada da Botmaker no mercado brasileiro? Quais oportunidades enxergaram aqui e como o Brasil se diferencia dos demais países onde a empresa atua?

A Botmaker é uma empresa global de tecnologia focada em criar e ampliar a presença digital dos seus clientes em todos os canais de relacionamento, por meio de uma plataforma conversacional que permite uma gestão completa de comunicação através de mensagens e bots. O Brasil é um mercado foco, dentro da América Latina, na estratégia da Botmaker de implementação de inteligência artificial nas empresas usando bots, sejam elas da indústria, varejo ou serviços. E nós temos tecnologia, escala e time qualificado para isso. Hoje, nossa plataforma permite às empresas se conectarem com o WhatsApp, Instagram, Messenger, assistentes de voz e outras mídias digitais que a empresa possuir. São mais de 20 canais de texto, voz, e-mails, redes sociais e até comunicação direta em anúncios.

No último ano, a Botmaker triplicou o crescimento, impulsionada também pela transformação digital acelerada devido à pandemia. Quais os planos da empresa para este e os próximos anos?

Com a pandemia, tivemos uma aceleração da transformação digital em diversas frentes, e o mercado de bots teve um impacto muito positivo, porque as empresas precisaram digitalizar a comunicação com seus públicos e implementar novas estratégias de conversational commerce. Na prática, isso significa ter uma plataforma conversacional focada, por exemplo, em atendimento e vendas para atender às novas demandas do cliente. O consumidor agora está presente em múltiplos canais – Whatsapp, Facebook e Instagram (Messenger e posts), Twitter, Google, Amazon/Alexa, Workplace, posts, SMS e RCS, site e e-mails, entre outros. Sendo assim, o relacionamento, a venda e outras formas de interação, seja por texto ou por voz, devem acontecer onde o cliente está. Na esteira dessa tendência, a Botmaker cresceu três vezes em 2020 e deve triplicar novamente em 2021. Nosso objetivo é seguir expandindo. Hoje temos atuação global, estamos em mais de 35 países e atendemos mais de 3 mil clientes.

Como a Botmaker se diferencia da concorrência e como atua para otimizar a jornada do cliente e aumentar as vendas de uma empresa?

A Botmaker conta com um motor próprio de inteligência artificial que permite às empresas se conectarem com esses mais de 20 canais digitais para otimizar prospecção, vendas, personalizar o atendimento a clientes e operações internas, independentemente do segmento de atuação, no canal que o cliente escolher. Isso vai em linha com a ideia de que a interação precisa ser cada vez mais multicanal e ao mesmo tempo omnichannel. A digitalização e a automação caminham juntas, e serão essenciais para o crescimento das empresas. Estamos falando de IA e machine learning para diferentes tipos de atendimento e canais, que vão desde o bot por texto e voz, passando pelo live chat e modelos híbridos de atendimento. O uso pode ir muito além, e envolver, por exemplo, a integração de outros serviços, como catálogo de produtos, meios de pagamento, serviços de delivery, CRM, data warehouse e geolocalização. Tudo isso nos mostra que a inteligência artificial já é parte das estratégias de comunicação das marcas com o consumidor. Costumo dizer, inclusive, que empresas que não tiverem uma estratégia de conversational commerce não vão sobreviver nos próximos anos.

Noticias

Botmaker integra Instagram e Messenger a plataforma de automação

Botmaker integra Instagram e Messenger a plataforma de automação

Plataforma permite gerenciar de forma centralizada todos os canais de comunicação

Startups impulsionam transformação digital do mercado imobiliário e de construção civil

Startups impulsionam transformação digital do mercado imobiliário e de construção civil

Startups como Docket e Botmaker se tornam grandes aliadas para transformação digital tanto no meio imobiliário quanto na construção civil

Botmaker amplia oportunidades de negócio para as empresas via WhatsApp

Botmaker amplia oportunidades de negócio para as empresas via WhatsApp

Marcas como Lacta e Lopes utilizam o WhatsApp API para alavancar seus negócios

WhatsApp Pay: Serviço tem potencial para ganho de escala

WhatsApp Pay: Serviço tem potencial para ganho de escala

Especialistas veem aceleração no uso do app

Alicerce Educação atende alunos com Botmaker

Alicerce Educação atende alunos com Botmaker

Com aulas online e presencial, a edtech usa o bot para atender mais 64 mil mensagens por mês

Internacionalização de olho na  liderança do mercado latino de bots

Internacionalização de olho na liderança do mercado latino de bots

A Botmaker reforça sua estratégia de internacionalização para liderar o mercado latinoamericano de inteligência artificial com o uso de bots e mensagens

Botmaker amplia internacionalização de olho na liderança do mercado latino de bots

Botmaker amplia internacionalização de olho na liderança do mercado latino de bots

A Botmaker reforça sua estratégia de internacionalização para liderar o mercado latinoamericano de inteligência artificial

Lacta e Lojas Americanas vendem ovos de Páscoa via Botmaker no WhatsApp

Lacta e Lojas Americanas vendem ovos de Páscoa via Botmaker no WhatsApp

A Botmaker desenvolveu um novo bot de Páscoa da Lacta para a venda direta ao consumidor por WhatsApp

Live: Mulheres buscam protagonismo no mercado de inovação, ainda 90% masculino

Live: Mulheres buscam protagonismo no mercado de inovação, ainda 90% masculino

Lideranças femininas ainda sentem que precisam se afirmar para exercer seu papel no ambiente dominado por homens

No novo portal da Lopes, 80% dos contatos passam por canais de atendimento conectados ao bot da Botmaker

No novo portal da Lopes, 80% dos contatos passam por canais de atendimento conectados ao bot da Botmaker

No setor imobiliário, chatbots e assistentes virtuais são ferramentas cada vez mais utilizadas para dar suporte aos corretores na captura de leads (clientes em potencial), tornando a comunicação mais eficiente e aumentando a perspectiva de vendas.

Clubhouse: a ponta do iceberg de um ecossistema em formação

Clubhouse: a ponta do iceberg de um ecossistema em formação

Quarentenado, cloroquiners, novo normal, distanciamento. Nos últimos meses, com a pandemia e as conversas geradas dos novos hábitos, termos surgiram e foram adaptados.

Robôs para conversação, a nova onda das empresas

Robôs para conversação, a nova onda das empresas

A pandemia abriu novas frentes para o mercado de chatbots e voicebots.

Atendimento no WhatsApp: Americanas Atinge 3,5 Milhões de Pedidos no App

Atendimento no WhatsApp: Americanas Atinge 3,5 Milhões de Pedidos no App

O WhatsApp "Na sua Casa", opção da varejista Americanas para vendas à distância, totalizou 3,5 milhões de pedidos realizados entre março e setembro de 2020.

Bot de compras das Lojas Americanas no WhatsApp atinge volume de 3,5 milhões de vendas em seis meses

Bot de compras das Lojas Americanas no WhatsApp atinge volume de 3,5 milhões de vendas em seis meses

Lojas Americanas criou um canal de vendas via aplicativos de mensageria e, em parceria com a Botmaker, desenvolveu o robô “Na sua Casa”.

Lojas Amercanas recebem 3,5  milhões de pedidos via WhatsApp

Lojas Amercanas recebem 3,5 milhões de pedidos via WhatsApp

Uma das principais heranças da pandemia serão os novos canais de vendas encontrados pelas varejistas para escoar suas mercadorias

Chatbots: onde usá-los e quais os novos recursos eles trarão em 2021?

Chatbots: onde usá-los e quais os novos recursos eles trarão em 2021?

2021 deve ser o ano da consolidação dos chatbots, uma solução que vem caindo no gosto das empresas de forma rápida.

Impulsionadas pela digitalização forçada pela COVID-19, empresas de chatbot crescem na América Latina

Impulsionadas pela digitalização forçada pela COVID-19, empresas de chatbot crescem na América Latina

O LABS conversou com a a Botmaker que surfou na onda da digitalização forçada nos negócios na pandemia.

Julio Zaguini é o novo CEO da Botmaker no Brasil

Julio Zaguini é o novo CEO da Botmaker no Brasil

O executivo Julio Zaguini é o novo CEO da Botmaker, empresa de tecnologia especializada em automação de vendas e atendimento a clientes.

Botmaker lança bot que traduz mensagens de forma automática

Botmaker lança bot que traduz mensagens de forma automática

A Botmaker lança funcionalidade de tradução nas conversas via chatbot. Desenvolvida com exclusividade pela Botmaker.

Botmaker lança serviços de antivírus e tradução para bots

Botmaker lança serviços de antivírus e tradução para bots

O serviço de tradução é feito por meio do Google Tradutor e pode ser usado nas comunicações com robôs de conversação no WhatsApp, Facebook Messenger e Instagram.

McDonald’s apresenta Méqui Zap

McDonald’s apresenta Méqui Zap

O Méqui Zap é o bot do McDonalds para automatizar a entrega vouchers de desconto.

Capitalismo na era dos bots: interagir ou morrer...  Leia mais em https://braziljournal.com/capitalismo-na-era-dos-bots-interagir-ou-morrer

Capitalismo na era dos bots: interagir ou morrer... Leia mais em https://braziljournal.com/capitalismo-na-era-dos-bots-interagir-ou-morrer

No auge da pandemia, o time de tecnologia das Lojas Americanas ligou para Julio Zaguini, representante da Botmaker no Brasil, com um pedido esbaforido.

Botmaker anuncia liderança no Brasil

Botmaker anuncia liderança no Brasil

A Botmaker lança funcionalidade de tradução nas conversas via chatbot. Desenvolvida com exclusividade pela Botmaker.

Botmaker torna sua plataforma 100% self-service

Botmaker torna sua plataforma 100% self-service

A solução, acessível na web, permite que empresas de qualquer porte criem e gerenciem bots e posições de atendimento remoto humano em diversos canais.

Julio Zaguini é o novo CEO da Botmaker no Brasil

Julio Zaguini é o novo CEO da Botmaker no Brasil

O executivo vem com a missão de liderar a empresa na estratégia de ampliar a presença no mercado brasileiro e expandir para a América Latina.

Governo do Rio Grande do Sul lança CovidBot

Governo do Rio Grande do Sul lança CovidBot

Dúvidas sobre a transmissão, os principais sintomas da doença e as formas de prevenção a partir de agora serão respondidas com ajuda da Inteligência Artificial.

Lopes usará chatbot para vender imóvel

Lopes usará chatbot para vender imóvel

Com ajuda de startup

Executivos do Google e Facebook trazem empresa de bots para o Brasil

Executivos do Google e Facebook trazem empresa de bots para o Brasil

Botmaker, que já tem escritórios em Miami e Buenos Aires, chega ao País para desenvolver o mercado de chatbots e voicebots em português.

Botmaker chega ao Brasil

Botmaker chega ao Brasil

Sob comando de ex-executivos do Google, Facebook e Amazon.

Plataforma de bots Nova no Brasil, Botmaker quer disputar mercado de IA

Plataforma de bots Nova no Brasil, Botmaker quer disputar mercado de IA

Uma empresa focada em inteligência artificial para negócios. Ou mais exatamente em criar e administrar bots.

Sob comando de ex-executivos do Google, Facebook e Amazon, BotMaker chega ao Brasil para disputar mercado de inteligência artificial

Sob comando de ex-executivos do Google, Facebook e Amazon, BotMaker chega ao Brasil para disputar mercado de inteligência artificial

A empresa escolhe mercado brasileiro para iniciar plano agressivo de expansão pela América Latina.